ORIENTAÇÃO VOCACIONAL/PROFISSIONAL


“Mais fácil aprender a fazer algo de que se gosta , do que aprender a gostar de algo que se faz bem”. Eliseu Neto

Definida como o processo pelo qual o indivíduo é ajudado a escolher e a se preparar para entrar e progredir numa ocupação, a OV propicia o desenvolvimento do auto-conhecimento, aplicando essa compreensão às ocupações (Super & Junior, 1980). Hoje em dia, a OV é o resultado de um certo número de movimentos, pesquisas e trabalhos que no início tiveram o objetivo imediato de auxiliar os jovens na escolha de ocupações adequadas. Coletaram-se e organizaram-se informações e passou-se a explorar os inventários e testes psicológicos como recursos a mais, tornando o processo de OV mais complexo e eficiente (Super & Junior, 1980).

Toda escolha provoca necessariamente uma renúncia; ao escolher abandona-se uma outra opção e isto pode provocar algum sofrimento para o adolescente. O profissional de OV vai tentar reparar essa situação e ajudar o adolescente a escolher, devendo-se estar consciente de que é mais difícil fazer um diagnóstico referente à problemática vocacional do que um de personalidade, pois o primeiro tende a investigar a dinâmica interna do adolescente, verificando não só os conflitos e dificuldades referentes à escolha profissional, mas também de outras àreas (Bohoslavsky, 1993). A importância do processo de OV é evidenciada no fato de que, havendo uma identificação profissional, haverá maiores possibilidades de o indivíduo e desenvolver em todas as suas potencialidades.

A fim de alcançar a eficácia do processo, alguns aspectos devem ser considerados; dentre eles, pode-se citar: (a) o papel do profissional de OV frente a uma nova realidade sócio-cultural e econômica, (b) a finalidade do processo de OV que deve visar não apenas a informar sobre carreiras profissionais, mas também a trabalhar aspectos como o autoconhecimento e a questão da escolha em si, levando em consideração o mercado de trabalho.

 

ANDRADE, Josemberg M. de; MEIRA, Girlene R. de Jesus Maja e VASCONCELOS, Zandre B. de. O processo de orientação vocacional frente ao século XXI: perspectivas e desafios. Psicol. cienc. prof. [online]. 2002, vol.22, n.3 [citado 2012-07-07], pp. 46-53 . Disponível no link. ISSN 1414-9893.