Filhos: saber dizer “NÃO”


Quem de nós já não viu uma criança na rua ou num shopping, fazendo birra e malcriação para exigir a compra de algum brinquedo ou qualquer outra coisa? Pois é, as danadinhas não escolhem hora nem lugar, querem e pronto!

Geralmente os pais, depois de inúteis tentativas de explicações, acabam cedendo à vontade e à exigência da criança para acabar com a vergonha daquele “show” e ficarem livres do choro insistente e perturbador.

Hoje em dia, com os meios de comunicação trazendo propagandas fantásticas e atrativas, embora nada educativas fazem com que exista um estímulo diário e muito forte na criança, transformando-a numa consumista em potencial.

Segundo o professor de Educação da Universidade do Estado de Nova York, Thomas Lickona, “elas estão constantemente expostas à ideia de que os objetos lhe comprarão a felicidade”.